Ícone trash, Ed Wood ganha mostra em São Paulo

Até o próximo dia 30 serão exibidos oito longas-metragens do cineasta, o filme-homenagem Ed Wood, de Tim Burton, e o documentário Look Back in Angora, de Ted Newsom

Até o próximo dia 30 serão exibidos oito longas-metragens do cineasta, o filme-homenagem Ed Wood, de Tim Burton, e o documentário Look Back in Angora, de Ted Newsom
Até o próximo dia 30 serão exibidos oito longas-metragens do cineasta, o filme-homenagem Ed Wood, de Tim Burton, e o documentário Look Back in Angora, de Ted Newsom (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bruno Bocchini
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – Ícone do cinema trash e independente, o cineasta Ed Wood é o homenageado da mostra O Melhor dos Piores de Todos os Tempos, em São Paulo. Até o próximo dia 30 serão exibidos oito longas-metragens do cineasta, o filme-homenagem Ed Wood, de Tim Burton, e o documentário Look Back in Angora, de Ted Newsom.

“Ed Wood era alguém que não queria fazer cinema trash. Ao contrário, ele queria fazer filmes bons, igual a Orson Welles, só que fracassou. Ele não conseguiu fazer filmes talvez por falta de dinheiro, falta de experiência, de talento. Mas conseguiu fazer obras com uma estética própria dele, que hoje chamamos de cinema trash”, destaca o coordenador da mostra e curador Kristofer Paetau.

Edward Davis Wood Jr. nasceu em 1924. Começou a fazer comerciais em 1948,  na produtora instalada no apartamento dele, em Hollywood. Seu trabalho no cinema começou a chamar a atenção durante os anos 1950, com temas como ataques alienígenas e zumbis. Wood morreu na miséria, em 1978, dois anos antes de ser consagrado como o pior cineasta de todos os tempos pelo Turkey Awards, uma espécie de Oscar do cinema trash.

“Para fazer um filme hoje não existem mais as barreiras de antes, como ter muito dinheiro, ter uma equipe grande, uma distribuidora, tudo isso. Agora, cada pessoa pode se tornar um cineasta independente. E o Ed Wood simboliza isso, ele é um precursor desse espírito de fazer sozinho, independentemente, com pouco dinheiro, quase sem recursos”, disse Paetau.

A mostra O Melhor dos Piores de Todos os Tempos ocorre de terça-feira a domingo na Caixa Cultural São Paulo, na Praça da Sé. A entrada é franca e a programação completa pode ser vista emwww.caixa.gov.br/caixacultural .

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email