Jessé explica como a Globo pariu Jair Bolsonaro

Na reportagem desta quarta-feira sobre "A elite do atraso", livro mais importante do ano, escrito pelo sociólogo Jessé Souza, destacamos como a Globo e a Lava Jato, com a criminalização da política e o estímulo ao discurso de ódio, pariram a candidatura de Jair Bolsonaro; "A Globo e a operação Lava Jato são os agentes principais dessa regressão civilizacional que sacode o país deixado em frangalhos, econômica, política e moralmente pela ação combinada desses agentes", diz ele

Na reportagem desta quarta-feira sobre "A elite do atraso", livro mais importante do ano, escrito pelo sociólogo Jessé Souza, destacamos como a Globo e a Lava Jato, com a criminalização da política e o estímulo ao discurso de ódio, pariram a candidatura de Jair Bolsonaro; "A Globo e a operação Lava Jato são os agentes principais dessa regressão civilizacional que sacode o país deixado em frangalhos, econômica, política e moralmente pela ação combinada desses agentes", diz ele
Na reportagem desta quarta-feira sobre "A elite do atraso", livro mais importante do ano, escrito pelo sociólogo Jessé Souza, destacamos como a Globo e a Lava Jato, com a criminalização da política e o estímulo ao discurso de ódio, pariram a candidatura de Jair Bolsonaro; "A Globo e a operação Lava Jato são os agentes principais dessa regressão civilizacional que sacode o país deixado em frangalhos, econômica, política e moralmente pela ação combinada desses agentes", diz ele (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Na série de reportagens sobre "A elite do atraso", de Jessé de Souza, publicamos trechos que destacam como a classe média foi enganada no golpe de 2016 (leia aqui) e como a Globo imbecilizou o povo brasileiro para garantir a entrega do pré-sal a grupos internacionais (leia aqui).

Na reportagem desta quarta-feira, destacamos trechos que tratam de como a Globo e a Lava Jato, com a criminalização da política e o estímulo ao discurso de ódio, pariram a candidatura de Jair Bolsonaro, que representa um retrocesso civilizatório no País.

Reproduzimos, abaixo, um trecho do livro:

A Globo e grande mídia – e sua aliada, a operação Lava Jato – não só contribuíram para o mais massivo ataque à democracia e ao direito de que se tem notícia, mas atacaram também, em uma das sociedades mais desiguais e perversas do planeta, a igualdade social como princípio, ao torná-la suspeita e mero instrumento para outros fins.

Depois, quando o ódio passa a grassar no país e figuras que representam o elogio à tortura e à violência mais grotesca, como Jair Bolsonaro e seu fascismo aberto, passam a representar ameaças reais à democracia e aos direitos humanos mais elementares, a Globo e a grande mídia agem como se não tivessem nenhuma responsabilidade.

(...)

A Globo e a operação Lava Jato, no entanto, são os agentes principais dessa regressão civilizacional que sacode o país deixado em frangalhos, econômica, política e moralmente pela ação combinada desses agentes.

Para sua audiência imbecilizada, no entanto, como a Globo critica Bolsonaro da boca para fora, sua ação a favor dos valores antidemocráticos, que é o que, na realidade, cria o campo para os bolsonaros da vida, passa despercebida.

Inscreva-se na TV 247 e confira a recente entrevista de Jessé Souza:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247