Justiça condena Flavio Morgenstern, autor da hashtag #CaetanoPedófilo

A juíza Flavia Alves, da 14ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o escritor Flavio Morgenstern por ter criado e disseminado a hashtag #Caetano Pedófilo a partir de sua conta no Twitter; Justiça determinou que sejam retiradas as ofensas já postadas por ele, incluindo a hashtag; mais: ordenou que Morgenstern se abstenha de postar mais ofensas nas redes sociais

A juíza Flavia Alves, da 14ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o escritor Flavio Morgenstern por ter criado e disseminado a hashtag #Caetano Pedófilo a partir de sua conta no Twitter; Justiça determinou que sejam retiradas as ofensas já postadas por ele, incluindo a hashtag; mais: ordenou que Morgenstern se abstenha de postar mais ofensas nas redes sociais
A juíza Flavia Alves, da 14ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o escritor Flavio Morgenstern por ter criado e disseminado a hashtag #Caetano Pedófilo a partir de sua conta no Twitter; Justiça determinou que sejam retiradas as ofensas já postadas por ele, incluindo a hashtag; mais: ordenou que Morgenstern se abstenha de postar mais ofensas nas redes sociais (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A juíza Flavia Alves, da 14ª Vara Cível do Rio de Janeiro, condenou o escritor Flavio Morgenstern por ter criado e disseminado a hashtag #Caetano Pedófilo a partir de sua conta no Twitter.

A Justiça determinou que sejam retiradas as ofensas já postadas por ele, incluindo a hashtag. Mais: ordenou que Morgenstern se abstenha de postar mais ofensas nas redes sociais. As informações são do colunista Lauro Jardim. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247