CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ken Loach: ‘Bolsonaro não é perigoso só para o Brasil, mas para o mundo’

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

247 - Diretor de filmes como Liberdade e Luta, sobre a guerra civil espanhola, e Uma canção para Carla, que trata da revolução sandinista (Uma canção para Carla), Ken Loach reforça que figuras da política como Jair Bolsonaro, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, são parte de um mesmo fenômeno global. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“É muito perigoso. Está na Índia, com Nahendra Modi. Na Itália, com Salvini. Em Israel, com Netanyahu. Na Polônia, na Espanha, com o partido Vox. Eles são inúteis, não apontam para nada. Mas são perigosos, especialmente agora, porque há a emergência climática", afirma. Seu relato foi publicado na Carta Capital.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

"Jair Bolsonaro, por exemplo, não é perigoso apenas para vocês, brasileiros. Ele é perigoso para o mundo todo. Mudar essa situação é uma emergência política mundial", complementa o cineasta, que, em 2006, recebeu a Palma de Ouro do 59º Festival de Cannes, na França, por Ventos da Liberdade. Em 2016, voltou a ganhar, dessa vez por Eu, Daniel Blake.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE