Marieta Severo sobre racismo: é uma geração inteira que está indo embora

Atriz diz que, com a intervenção federal no Rio, sugeriu ao seu neto, Chico Brown (filho de Helena Borges com Carlinhos Brown), que é negro, que andasse com documento; "Não me preocupei em falar para minha neta loira que ela tem que andar com documento. Isso é muito presente, e é muito preocupante, porque sei que ele pode levar uma incerta porque é negro com rastafári até a cintura. Falo disso e me sinto até ridícula, porque a quantidade de jovens negros morrendo... é uma geração inteira que está indo embora", relata, em entrevista ao Estado

marieta severo
marieta severo (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A atriz Marieta Severo fala sobre racismo numa entrevista concedida a Adriana Del Ré, do Estado de S.Paulo, neste domingo 11. A atriz que vive uma vilã racista na novela das 21h da Globo lembra que, com a intervenção federal no Rio, "circulou pela internet um aviso para os negros andarem com documento". E ela sugeriu ao seu neto, Chico Brown (filho de Helena Borges com Carlinhos Brown, também neto de Chico Buarque), que é negro, que andasse com documento.

"Não me preocupei em falar para minha neta loira que ela tem que andar com documento. Isso é muito presente, e é muito preocupante, porque sei que ele pode levar uma incerta porque é negro com rastafári até a cintura. Falo disso e me sinto até ridícula, porque a quantidade de jovens negros morrendo... é uma geração inteira que está indo embora", relata.

Ela comentou também sobre um texto falso atribuído a ela que circulou recentemente na internet com críticas ao ex-presidente Lula. Processar, disse a atriz, "é a única possibilidade que tenho de diminuir um pouco o dano interno que essas coisas causam".

Para ela, "é nítido" que há retrocesso hoje na sociedade. "O que sei é que as coisas são cíclicas, vai para frente, vai um pouco para trás. Até porque essa memória fica nas pessoas de uma maneira ou de outra. As conquistas sociais, de comportamento".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247