Marta é a primeira a sair e deixa a Cultura

Ministra da Cultura se afastou da presidente Dilma Rousseff, ao defender, nos bastidores, a volta do ex-presidente Lula ainda em 2014; sua saída será o primeiro e único movimento da reforma ministerial antes da viagem de Dilma à reunião do G20, na Austrália; o ex-prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, que preside o Instituto Brasileiro de Museus e é uma das pessoas mais próximas da presidente Dilma, está cotado para substituí-la

Ministra da Cultura se afastou da presidente Dilma Rousseff, ao defender, nos bastidores, a volta do ex-presidente Lula ainda em 2014; sua saída será o primeiro e único movimento da reforma ministerial antes da viagem de Dilma à reunião do G20, na Austrália; o ex-prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, que preside o Instituto Brasileiro de Museus e é uma das pessoas mais próximas da presidente Dilma, está cotado para substituí-la
Ministra da Cultura se afastou da presidente Dilma Rousseff, ao defender, nos bastidores, a volta do ex-presidente Lula ainda em 2014; sua saída será o primeiro e único movimento da reforma ministerial antes da viagem de Dilma à reunião do G20, na Austrália; o ex-prefeito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, que preside o Instituto Brasileiro de Museus e é uma das pessoas mais próximas da presidente Dilma, está cotado para substituí-la (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Marta Suplicy está deixando o Ministério da Cultura, no primeiro movimento da reforma ministerial. Um dos nomes cotados para substituí-la é o de Angelo Oswaldo, presidente do Instituto Brasileiro de Museus.

A saída de Marta foi antecipada pela jornalista Cristiana Lobo, na nota abaixo:

Marta Suplicy decide pedir demissão do Ministério da Cultura

Em conversa com petistas, Marta Suplicy tomou a decisão de se antecipar e pedir demissão do cargo de ministra da Cultura. A entrega da carta de demissão pode ocorrer já a partir desta terça (4), abrindo caminho para a formação da equipe de Dilma Rousseff no segundo mandato.

No entanto, a presidente da República decidiu que não fará nenhuma mudança no primeiro escalão antes de retornar da reunião do G 20, entre os dias 15 e 16 deste mês. Ou seja, a substituição de Marta, já definida, poderá demorar um pouco.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email