Matheus Nachtergaele critica governo Bolsonaro: 'não queremos essa ignorância terraplanista'

Segundo o ator, o bolsonarismo se apoia na exaustão, “numa certa violência interior”. “Ele é também o último estertor do capitalismo, uma tentativa desesperada de as coisas não mudarem”

Matheus Nachtergaele
Matheus Nachtergaele (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ator Matheus Nachtergaele, em entrevista à coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo, fez duras críticas ao bolsonarismo, ao governo federal e comentou a atual situação política no País.

“Nós fracassamos, mas momentaneamente. Ficamos exaustos de nós mesmos e das condições em que a política brasileira é feita e acabamos, como povo, perdendo um pouco a clareza do que é mais importante para nós. Acho que o bolsonarismo é resultante dessa confusão. E não é incompreensível que ele exista, mas espero que estejamos passando por ele para recordarmos do que queremos ser.”

“O bolsonarismo se apoia nessa exaustão, numa certa violência interior. Ele é também o último estertor do capitalismo, uma tentativa desesperada de as coisas não mudarem, sendo que nós somos o país que pode inventar o novo para o mundo inteiro.”

“Não queremos ser um país violento, fascista, branco, machista, misógino, preconceituoso, racista, homofóbico, bélico. Não queremos essa ignorância terraplanista. Gente é pra brilhar, como dizia o poeta, e o Brasil pode isso ainda.”

“Fomos treinados para odiar um fantasma comunista que nunca existiu. Nada foi mais conivente com o estado das coisas que o PT, embora tenha conseguido avanços bonitos. Houve uma ameaça de corrupção e, em nome dela, nós fizemos a pior escolha. Digo ‘nós’ porque não quero me separar dos meus irmãos por divergências políticas. Vai ser preciso amar muito o Brasil para poder amá-lo daqui pra frente. Não deixa de ser bonito o desafio que se coloca.”

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email