Na mira de Bolsonaro, Bruna Surfistinha deve ter sequência

Raquel Pacheco, nome de batismo da famosa prostituta, revelou que existe um projeto em andamento para uma sequência do longa estrelado em 2011 por Deborah Secco e que levou mais de 2 milhões de espectadores ao cinema

Bruna Surfistinha e Jair Bolsonaro
Bruna Surfistinha e Jair Bolsonaro (Foto: Bruna Surfistinha e Jair Bolsonaro)

Do jornal Extra – O filme "Bruna Surfistinha", que voltou a ser polêmica nos últimos dias, deve ganhar uma continuação em breve. Raquel Pacheco, nome de batismo da famosa prostituta, revelou ao EXTRA que existe um projeto em andamento para uma sequência do longa estrelado em 2011 por Deborah Secco e que levou mais de 2 milhões de espectadores ao cinema. “A continuação do filme é um projeto em andamento”, disse a ex-prostituta.

O novo filme, porém, não deve contar com a participação de Deborah Secco, que avisa que não toparia participar da sequência do longa.

Deborah alega que já passou por esse desafio, que Bruna Surfistinha é um personagem que ela tem muito orgulho de ter feito, mas que, agora, a atriz está em busca de novos personagens.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247