No Dia do Índio, Temer não assinou nenhuma demarcação, tradição de governos anteriores

O diretor Luiz Bolognesi, lançou um documentário sobre a questão indígena no festival de cinema “É Tudo Verdade”, em São Paulo, e comentou sobre o cenário político associado a essa questão no Brasil: “Temer não tem assinado nenhuma nova terra indígena, está com vários processos parados em sua mesa, sendo que era uma tradição dos governos anteriores assinar demarcações na semana do Dia do Índio”

Palmas/TO- Índios Karajá Xambioá se reúnem em área próxima a Aldeia Okara, onde as etnias brasileiras estão hospedadas ( Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Palmas/TO- Índios Karajá Xambioá se reúnem em área próxima a Aldeia Okara, onde as etnias brasileiras estão hospedadas ( Marcelo Camargo/Agência Brasil) (Foto: Gustavo Conde)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O diretor Luiz Bolognesi, lançou um documentário sobre a questão indígena no festival de cinema “É Tudo Verdade”, em São Paulo, e comentou sobre o cenário político associado a essa questão no Brasil: “Temer não tem assinado nenhuma nova terra indígena, está com vários processos parados em sua mesa, sendo que era uma tradição dos governos anteriores assinar demarcações na semana do Dia do Índio”.

O diretor afirma que a Igreja Evangélica quer mais e mais almas e parte com muita agressividade para cima das comunidades de índios espalhadas pelo Brasil: “A bancada agro querendo mais terra, e a Igreja Evangélica querendo mais almas. Há uma associação terrível de destruição da cultura indígena, na tentativa de aprovar leis que vão contra a demarcação de terras”.

Leia a entrevista de Bolognesi ao Brasil de Fato aqui.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247