"O sermão da montanha é o prenúncio do socialismo e do anarquismo", diz Vassoler

Escritor fala que o Jesus Cristo histórico está muito mais próximo dos ideais de esquerda do que da direita

www.brasil247.com - Vassoler, Jesus e Saramago
Vassoler, Jesus e Saramago (Foto: Divulgação | Reprodução)


247 – O professor, escritor e youtuber Flávio Ricardo Vassoler, que irá ministrar um curso online sobre a obra "O Evangelho segundo Jesus Cristo", do escritor português José Saramago, afirmou, em entrevista ao jornalista Leonardo Attuch, editor da TV 247, que o Jesus Cristo histórico está muito mais próximo dos ideais de esquerda do que da direita. "Há uma polifonia de Jesus. O sermão da montanha é o prenúncio do socialismo e do anarquismo. Quando o ouvimos, não podemos aceitar a desigualdade", diz ele. "Os conservadores têm muita dificuldade com o sermão da montanha", acrescenta.

Na entrevista, Vassoler diz que Saramago fala sobre o homem Jesus e aponta a diferença entre a prática da igreja e o discurso de Cristo. "Por ser ateu e também ser comunista, Saramago se tornou proscrito em Portugal depois de escrever uma obra-prima da literatura", diz ele, sobre o gênio português, que recebeu o Nobel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email