Palhaço “derrota” Moro na disputa do Oscar pelo Brasil

Com a chamada "Bozo derrota Moro e vai disputar o Oscar pelo Brasil", o jornal paranaense Gazeta do Povo choraminga a derrota do filme "Policia Federal- a lei é para todos" na escolha como filme brasileiro na disputa do Oscar; "Não é para menos, pois o filme que relata o "heroísmo" da Lava Jato é um retumbante fracasso de público nos cinemas do país", diz o blogueiro Esmael Morais 

Com a chamada "Bozo derrota Moro e vai disputar o Oscar pelo Brasil", o jornal paranaense Gazeta do Povo choraminga a derrota do filme "Policia Federal- a lei é para todos" na escolha como filme brasileiro na disputa do Oscar; "Não é para menos, pois o filme que relata o "heroísmo" da Lava Jato é um retumbante fracasso de público nos cinemas do país", diz o blogueiro Esmael Morais 
Com a chamada "Bozo derrota Moro e vai disputar o Oscar pelo Brasil", o jornal paranaense Gazeta do Povo choraminga a derrota do filme "Policia Federal- a lei é para todos" na escolha como filme brasileiro na disputa do Oscar; "Não é para menos, pois o filme que relata o "heroísmo" da Lava Jato é um retumbante fracasso de público nos cinemas do país", diz o blogueiro Esmael Morais  (Foto: Charles Nisz)

Do Blog do Esmael - Bozo “derrota” Moro e vai disputar Oscar pelo Brasil. A chamada é do blog Gazeta do Povo, de Curitiba. Não é para menos tal lamúria do ex-jornalão, pois o filme que retrata o “heroísmo” da lava jato — “Polícia Federal – A Lei É para Todos” — é um retumbante fracasso de crítica e de público. Dito isto, o bom palhaço Bozo agora é o Brasil na disputa do Oscar.

"Bingo – O Rei das Manhãs”, longa estrelado por Vladimir Brichta e dirigido por Daniel Rezende, passará pela seleção em 23 de janeiro de 2018 e, se for escolhido o melhor filme estrangeiro, receberá o troféu do Oscar no dia 4 de março.

Assista ao trailer do filme:

 

Veja a lista completa de filmes brasileiros que também tentaram uma vaga para concorrer ao Oscar:

“A Família Dionti” (Alan Minas)
“A Glória e a graça” (Flávio Ramos Tambellini)
“Café – Um dedo de prosa” (Maurício Squarisi)
“Cidades fantasmas” (Tyrell Spencer)
“Como nossos pais” (Laís Bodanzky)
“Corpo elétrico” (Marcelo Caetano)
“Divinas divas” (Leandra Leal)
“Elis” (Hugo Prata)
“Era o hotel Cambridge” (Eliane Caffé)
“Fala comigo” (Felipe Sholl)
“Gabriel e a montanha” (Fellipe Barbosa)
“História antes da história” (Wilson Lazaretti)
“Joaquim” (Marcelo Gomes)
“João, o maestro” (Mauro Lima)
“La vingança” (Fernando Fraiha e Jiddu Pinheiro)
“Malasartes e o duelo com a morte” (Paulo Morelli)
“O filme da minha vida” (Selton Mello)
“Polícia Federal – A Lei é para todos” (Marcelo Antunez)
“Por trás do céu” (Caio Sóh)
“Quem é Primavera das Neves” (Ana Luiza Azevedo, Jorge Furtado)
‘Real – O plano por trás da história” (Rodrigo Bittencourt)
“Vazante (Daniela Thomas)

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247