Paulo Niemeyer Filho é eleito imortal na Academia Brasileira de Letras

Niemeyer Filho ocupará a cadeira 12 da ABL. Ele concorria com Daniel Munduruku, que poderia se tornar o primeiro indígena na academia

Paulo Niemeyer Filho
Paulo Niemeyer Filho (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

Por Luiz Oliveira, Metrópoles - Nesta quinta-feira (18/11), o neurocirurgião Paulo Niemeyer Filho foi eleito para ocupar a cadeira 12 da Academia Brasileira de Letras (ABL).

Ele concorria com Joaquim Branco e Daniel Munduruku. A cadeira número 12 era ocupada pelo crítico literário Alfredo Bosi, que faleceu 7 de abril de 2021.

A candidatura de Munduruku era muito desejada, pois ele poderia ser o primeiro indígena a ocupar uma cadeira na ABL. Nomes como o de Chico Buarque, Ailton Krenak, Marcelo Rubens Paiva, Alice Ruiz, Pedro Bandeira, Xico Sá, Ruth Rocha, Ruy Castro e Viviana Bosi, filha do ex-ocupante da cadeira 12, apoiaram a sua nomeação.

PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email