Pedro Cardoso diz que Brasil já está sob o fascismo

“O que aconteceu foi que um grupo de classe média que se sentia excluído se agregou a um fundamentalismo religioso para obter uma ascensão social”, diz. “E eles não toleram quem pensa diferente. Isso é fascismo”

Pedro Cardoso: “de todos, o PT foi o meu melhor erro”
Pedro Cardoso: “de todos, o PT foi o meu melhor erro”
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da revista Fórum – De passagem por São Paulo, onde realiza sete espetáculos e um workshop ao lado da mulher, Graziella Monteiro, o ator Pedro Cardoso, que mora atualmente em Portugal, disse que atualmente no país há um “um ataque forte contra a cultura por uma parte da população que se embrulha na bandeira e tenta transformar o Brasil na ideia que elas têm do Brasil”.

Para o ator, a união da classe média com grupos religiosos para obter uma “ascensão social” traçou um panorama tenebroso no Brasil.

“O que aconteceu foi que um grupo de classe média que se sentia excluído se agregou a um fundamentalismo religioso para obter uma ascensão social”, diz. “E eles não toleram quem pensa diferente. Isso é fascismo”, disse, em entrevista a Teté Ribeiro, na Folha de S.Paulo deste sábado (13).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email