Roberto Freire foi patético, diz Juca Ferreira

Conduta do ministro da Cultura, Roberto Freire, contra o escritor Raduan Nassar nesta sexta-feira, 17, durante a entrega do Prêmio Camões, foi criticada também pelo ex-ministro da Cultura Juca Ferreira; em sua página no Facebook, Ferreira disse que as agressões desferidas por Freire contra o escritor brasileiro premiado foram "patéticas e vergonhosas"; "O escritor Raduan Nassar rarissimamente se manifesta, vive recluso, mas hoje não se conteve e usou as palavras com a precisão de sua admirável escrita para manifestar indignação diante do golpe que impôs ao Brasil o que ele chamou de 'tempos sombrios'", afirmou

Conduta do ministro da Cultura, Roberto Freire, contra o escritor Raduan Nassar nesta sexta-feira, 17, durante a entrega do Prêmio Camões, foi criticada também pelo ex-ministro da Cultura Juca Ferreira; em sua página no Facebook, Ferreira disse que as agressões desferidas por Freire contra o escritor brasileiro premiado foram "patéticas e vergonhosas"; "O escritor Raduan Nassar rarissimamente se manifesta, vive recluso, mas hoje não se conteve e usou as palavras com a precisão de sua admirável escrita para manifestar indignação diante do golpe que impôs ao Brasil o que ele chamou de 'tempos sombrios'", afirmou
Conduta do ministro da Cultura, Roberto Freire, contra o escritor Raduan Nassar nesta sexta-feira, 17, durante a entrega do Prêmio Camões, foi criticada também pelo ex-ministro da Cultura Juca Ferreira; em sua página no Facebook, Ferreira disse que as agressões desferidas por Freire contra o escritor brasileiro premiado foram "patéticas e vergonhosas"; "O escritor Raduan Nassar rarissimamente se manifesta, vive recluso, mas hoje não se conteve e usou as palavras com a precisão de sua admirável escrita para manifestar indignação diante do golpe que impôs ao Brasil o que ele chamou de 'tempos sombrios'", afirmou (Foto: Aquiles Lins)

247 - A conduta do ministro da Cultura, Roberto Freire, contra o escritor Raduan Nassar nesta sexta-feira, 17, durante a entrega do Prêmio Camões, foi criticada também pelo ex-ministro da Cultura Juca Ferreira. 

Em sua página no Facebook, Ferreira disse que as agressões desferidas por Freire contra o escritor brasileiro premiado foram "patéticas". "O escritor Raduan Nassar rarissimamente se manifesta, vive recluso, mas hoje não se conteve e usou as palavras com a precisão de sua admirável escrita para manifestar indignação diante do golpe que impôs ao Brasil o que ele chamou de 'tempos sombrios'", afirmou.

"Foi em São Paulo, durante a cerimônia da entrega do Prêmio Camões, a maior premiação da língua portuguesa, que merecidamente reconheceu a obra do autor de Lavoura Arcaica. Antes de ver no link a patética e vergonhosa reação do ministro da Cultura, Roberto Freire, leia abaixo o forte discurso de Raduan Nassar", escreve o ex-ministro ao compartilhar o discurso de Raduan na ocasião e reportagem sobre as vaias à reação de Roberto Freire.

Confira trecho do discurso de Raduan Nassar: 

 

Confira o discurso de Roberto Freire:

 

Conheça a TV 247

Mais de Cultura

Ao vivo na TV 247 Youtube 247