Sindicato dos Artistas processa diretor que chamou Fernanda Montenegro de “sórdida”

O sindicato pede R$ 30 mil de indenização por danos morais coletivos em ação contra o diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte e ex-diretor teatral Roberto Alvim, que chamou a atriz Fernanda Montenegro de “sórdida” e disse que a categoria é “radicalmente podre”

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo publicada nesta quinta-feira (26), o Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões de SP (Sated-SP) protocolou uma ação judicial contra o diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte e ex-diretor teatral Roberto Alvim.

O sindicato pede R$ 30 mil de indenização por danos morais coletivos contra a classe artística. Além de chamar a atriz Fernanda Montenegro de “sórdida” nas redes sociais, ele disse que a categoria “que aí está” é “radicalmente podre”, com “gente hipócrita e canalha”.

Confira a reportagem completa na Revista Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email