Wagner Moura sobre filme de Marighella: ‘vamos enfrentar muita merda no Brasil’

Diretor do filme, que foi exibido sob aplausos no Festival de Cinema de Berlim nesta sexta-feira 15, Wagner Moura também disse que "este filme existe para dizer que a ditadura foi horrível" e que os cidadãos têm a obrigação de resistir às ditaduras

Wagner Moura sobre filme de Marighella: ‘vamos enfrentar muita merda no Brasil’
Wagner Moura sobre filme de Marighella: ‘vamos enfrentar muita merda no Brasil’

247 - Três horas antes de exibir seu primeiro filme como diretor, "Marighella", no Festival de Berlim, na Alemanha, o diretor Wagner Moura demonstrou preocupação sobre como a peça que relata a trajetória do guerrilheiro de esquerda será recebida por setores conservadores o Brasil. No tapete vermelho, o ator fez uma homenagem à vereadora assassinada Marielle Franco, levando uma placa de rua com seu nome.

"Vamos enfrentar muita merda quando voltarmos ao Brasil", disse, sobre a recepção ao filme. A obra ainda não tem data de lançamento nos cinemas brasileiros. Wagner Moura também disse que "este filme existe para dizer que a ditadura foi horrível" e que os cidadãos têm a obrigação de resistir às ditaduras.

A produtora Andrea Barata Ribeiro afirmou ter ouvido de responsáveis pela distribuição do título, que "o momento não é adequado". "Mas a gente acha que é totalmente adequado. E se necessário, faremos um lançamento independente", afirmou.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, o dono da distribuidora Paris Filmes, Márcio Fraccaroli, descartou que a polarização política explique essa indefinição. Ele disse, por meio de sua assessoria, que calendário de lançamentos "por ora está muito competitivo". "Tal qual diversos outros filmes ainda sem data de estreia definida, decidiremos o melhor momento".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247