Abraciclo: fabricação de motos cai 21% em 2012

Segundo levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), durante todo o ano passado foram fabricadas 1,69 milhões de unidades, contra 2,13 milhões de 2011

Abraciclo: fabricação de motos cai 21% em 2012
Abraciclo: fabricação de motos cai 21% em 2012
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Daniel Mello
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – A fabricação de motos caiu 20,9% em 2012 em comparação com 2011. Segundo levantamento da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), divulgado hoje (10), durante todo o ano passado foram fabricadas 1,69 milhões de unidades contra 2,13 milhões de 2011. A produção de dezembro, período de férias coletivas, foi 34,9% menor do que no mesmo mês do ano passado, com a fabricação de 66,2 mil unidades.

De acordo com o presidente da Abraciclo,  Marcos Fermanian, em 2012 o setor passou por um período difícil, mas a expectativa é que em 2013 ocorra uma recuperação. "O segmento de motocicletas passou por uma forte crise em 2012. Porém, com base nas vendas do segundo semestre, que apresentou uma média diária acima de 6.200 unidades, esperamos uma estabilidade neste início de ano e um modesto crescimento de 3,7% na produção, para 2013", disse.

A queda na produção de motos acompanha a redução das vendas no varejo, que caíram 15,62% em 2012, segundo o último balanço da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave). A entidade atribui a diminuição das vendas ao encolhimento da oferta de crédito. Com a exigência de [pagamento de] entrada de 30%, em prazo menor, colocou-se fora do mercado um monte de consumidores que anteriormente compravam a moto em 60 vezes, sem entrada", disse o presidente da Fenabrave, Flávio Antonio Meneghetti.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email