Ambev diz que empresa atravessará bem a retração econômica

"Não há dúvidas que há desafios, mas a indústria tende a ser mais resiliente que outras, por não depender diretamente de crédito", disse Bernardo Pinto Paiva, diretor-geral da Ambev, a analistas do setor, completando que apesar do cenário difícil, a empresa focará nos segmentos de cerveja premium para impulsionar as receitas

"Não há dúvidas que há desafios, mas a indústria tende a ser mais resiliente que outras, por não depender diretamente de crédito", disse Bernardo Pinto Paiva, diretor-geral da Ambev, a analistas do setor, completando que apesar do cenário difícil, a empresa focará nos segmentos de cerveja premium para impulsionar as receitas
"Não há dúvidas que há desafios, mas a indústria tende a ser mais resiliente que outras, por não depender diretamente de crédito", disse Bernardo Pinto Paiva, diretor-geral da Ambev, a analistas do setor, completando que apesar do cenário difícil, a empresa focará nos segmentos de cerveja premium para impulsionar as receitas (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - A indústria de bebidas tende a ser resiliente a cenário macroeconômico desfavorável por não estar diretamente dependente de crédito, disse nesta quarta-feira o diretor geral da Ambev, Bernardo Pinto Paiva.

"Não há dúvidas que há desafios, mas a indústria tende a ser mais resiliente que outras, por não depender diretamente de crédito", disse ele a analistas do setor, completando que apesar do cenário difícil, a empresa focará nos segmentos de cerveja premium para impulsionar as receitas.

(Por Luciana Bruno)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247