Anac reajusta tetos das tarifas do Galeão e Confins

 Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reajustou os tetos das tarifas aeroportuárias dos aeroportos Galeão, no Rio de Janeiro, e Confins, em Minas Gerais, em 8,8963%; reajuste vale para as tarifas de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia; tanto em Galeão quanto em Confins, a tarifa de embarque doméstico do Grupo I passou a R$ 18,73 e a internacional a R$ 33,17, enquanto a de conexão doméstica e internacional passou a R$ 8,62

Aeroporto Internacional Presidente Tancredo Neves/ Confins.

Data: 14-02-2011
Crédito: Lúcia Sebe/Secom MG
Aeroporto Internacional Presidente Tancredo Neves/ Confins. Data: 14-02-2011 Crédito: Lúcia Sebe/Secom MG (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) reajustou os tetos das tarifas aeroportuárias dos aeroportos Galeão, no Rio de Janeiro, e Confins, em Minas Gerais, em 8,8963 por cento, segundo decisões publicadas nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

O reajuste vale para as tarifas de embarque, conexão, pouso, permanência, armazenagem e capatazia. Tanto em Galeão quanto em Confins, a tarifa de embarque doméstico do Grupo I passou a 18,73 reais e a internacional a 33,17 reais, enquanto a de conexão doméstica e internacional passou a 8,62 reais.

Os novos tetos tarifários passam a vigorar nesta segunda-feira, sendo que as concessionárias devem divulgar as novas tarifas e podem praticá-las após 30 dias.

A concessionária do aeroporto de Galeão é composta por Odebrecht TransPort e Changi Airports International, enquanto a de Confins é formada por CCR e pela Flughafen Zurich.

(Por Priscila Jordão)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247