Ant Group espera levantar até US$ 34,4 bi em maior IPO do mundo

Ant Group, apoiada pelo grupo de comércio eletrônico Alibaba, espera captar cerca de US$ 17,2 bilhões em Xangai e aproximadamente a mesma quantia em Hong Kong esta semanana. Operação será a maior do gênero em nível mundial

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Ant Group definiu nesta segunda-feira os termos de seu IPO, na qual a gigante de tecnologia financeira chinesa pretende levantar até 34,4 bilhões de dólares, a maior operação do tipo do mundo.

A Ant, apoiada pelo grupo de comércio eletrônico Alibaba, tem como objetivo captar cerca de 17,2 bilhões de dólares em Xangai e aproximadamente a mesma quantia em Hong Kong esta semana, disse a empresa nesta segunda-feira.

A companhia definiu o preço da listagem de Xangai a 68,8 iuans (10,27 dólares) por ação, enquanto na outra etapa da abertura de seu capital o preço definido foi de 80 dólares de Hong Kong (10,32 dólares) por ação.

Os 34,4 bilhões de dólares que a empresa pode levantar por meio da oferta deve superar o maior IPO já feito: o da petrolífera saudita Saudi Aramco, que captou 29,4 bilhões de dólares em dezembro passado.

O IPO avalia a Ant em mais de 313 bilhões de dólares, sem considerar opção de emissão de lote adicional equivalente a 15%.

A Ant planeja vender até 1,67 bilhão de ações na listagem de Xangai, o que deve ser o maior IPO da China, superando o recorde estabelecido pelo Banco Agrícola da China, que levantou 10,1 bilhões de dólares na bolsa de Shanghai em 2010, de acordo com dados da Refinitiv.

A empresa também venderá o mesmo número de ações em Hong Kong.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247