Após pibinho, Meirelles promete 3% em 2018

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, manteve nesta quinta-feira a previsão de crescimento de 3 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2018 apesar do desempenho da atividade ter ficado abaixo do previsto no último trimestre do ano passado; em 2017, após dois anos de brutal recessão provocada pelo golpe, o Brasil cresceu apenas 1%

Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante coletiva de imprensa em Brasília 14/12/2017 REUTERS/Adriano Machado
Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, durante coletiva de imprensa em Brasília 14/12/2017 REUTERS/Adriano Machado (Foto: Leonardo Attuch)

BRASÍLIA (Reuters) - O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, manteve nesta quinta-feira a previsão de crescimento de 3 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2018 apesar do desempenho da atividade ter ficado abaixo do previsto no último trimestre do ano passado.

Em coletiva de imprensa, o ministro também indicou que a “posição correta” é que o Banco Central tenha missão de controlar inflação e que o projeto de lei sobre a autonomia formal do órgão considere o sistema de metas de inflação, porque a existência do intervalo de tolerância “já resolve preocupação” de o BC exagerar no controle inflacionário.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247