Arrecadação com royalties do petróleo tomba 30,8% em maio e pode cair mais de R$ 12 bi em 2020

Um levantamento do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) apontou que a arrecadação com royalties caiu 30,8% em maio no País, em comparação com abril. De acordo com a instituição, a arrecadação com royalties e participações especiais deve ter R$ 12,4 bilhões a menos em 2020

(Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um levantamento do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE) apontou que a arrecadação com royalties caiu 30,8% em maio no País, em comparação com abril. Na comparação anual, a retração foi ainda maior, de 35%. A pesquisa foi feita a partir dos dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

De acordo com projeções do CBIE, a arrecadação com royalties e participações especiais cairá mais de 20% em 2020. Para este ano, a consultoria estima uma arrecadação total de R$ 43,55 bilhões, contra os R$ 55,95 bilhões recolhidos no ano passado. São R$ 12,4 bilhões a menos.

A instituição levou em conta um preço médio de US$ 38 para o barril de petróleo no ano (queda de 40,9% na comparação com 2019), uma taxa de câmbio média de R$ 5,20 e uma produção de petróleo no mesmo nível de 2019 (abaixo de 3 milhões de barris de petróleo por dia).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247