Associação de minoritários do Pão de Açúcar só tem um acionista

um ex-cunhado de Ablio Diniz, que tenta reabrir, nos tribunais, a operao de fuso entre a rede varejista e o Carrefour

Associação de minoritários do Pão de Açúcar só tem um acionista
Associação de minoritários do Pão de Açúcar só tem um acionista (Foto: Divulgação)

247 – É muito estranha a operação montada pela Associação dos Minoritários do Pão de Açúcar (Apampa) para tentar reabrir a fusão entre os grupos Pão de Açúcar e Carrefour. Reportagem publicada nesta quinta-feira no jornal Valor Econômico revela que a Apampa tem um único acionista do Pão de Açúcar, que é justamente Hamilton Prado Júnior, ex-cunhado de Abílio Diniz. Ou seja, é a chamada “one man band”.

Tal associação pretende fazer com que sejam retomadas as negociações entre os grupos Pão de Açúcar e Carrefour, por meio de ações nos tribunais do Brasil e dos Estados Unidos, sob o argumento de que tal negócio seria bom para os acionistas. Quando foi planejada, no ano passado, a operação tinha Abílio Diniz na linha de frente. Desta maneira, e com apoio bilionário do BNDES, ele conseguiria impedir que o grupo francês Casino assumisse o controle do grupo Pão de Açúcar.

Agora, Abílio é réu na ação movida pelo ex-cunhado e, por meio de nota, alega que não nunca cogitou não transferir o controle do Pão de Açúcar para o Casino. Mas é muito estranho que uma associação de acionistas reúna apenas minoritário e se disponha a gastar uma pequena fortuna com advogados para elevar o preço de uma ação no mercado.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247