Auditora explica em vídeo por que o déficit da Previdência é falso

 Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) em suas redes sociais, a auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, desmistifica o argumento do governo de Michel Temer de que existe um deficit na Previdência Social do País; ela explica as diversas fontes de financiamento da Seguridade Social previstas na Constituição e como essas receitas foram sendo retiradas da Previdência 

 Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) em suas redes sociais, a auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, desmistifica o argumento do governo de Michel Temer de que existe um deficit na Previdência Social do País; ela explica as diversas fontes de financiamento da Seguridade Social previstas na Constituição e como essas receitas foram sendo retiradas da Previdência 
 Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) em suas redes sociais, a auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, desmistifica o argumento do governo de Michel Temer de que existe um deficit na Previdência Social do País; ela explica as diversas fontes de financiamento da Seguridade Social previstas na Constituição e como essas receitas foram sendo retiradas da Previdência  (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em um vídeo divulgado nesta segunda-feira, 13, pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) em suas redes sociais, a auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lucia Fattorelli, desmistifica o argumento do governo de Michel Temer de que existe um deficit na Previdência Social do País. 

O argumento é a principal alegação do governo para defender a reforma da Previdência, criticada por especialistas de diversas áreas, nacional e internacionalmente. 

Maria Fattorelli explica as diversas fontes de financiamento da Seguridade Social previstas na Constituição e como essas receitas foram sendo retiradas da Previdência. Assista acima um trecho da explicação e confira abaixo à íntegra da entrevista da auditora ao programa Viva Roda:

Além de Fattorelli, a CPI da Previdência também chegou à conclusão de que não existe deficit da Previdência. O relator da CPI, senador Hélio José (PMDB-DF) apresentou o relatório final da investigação que escrutinou o custo dos benefícios sociais e afirmou que "é possível afirmar, com convicção, que inexiste déficit da Previdência Social".

"São absolutamente imprecisos, inconsistentes e alarmistas os argumentos reunidos pelo governo federal sobre a contabilidade da Previdência Social, cujo o objetivo é aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) nº 287, de 2016", disse. Segundo o relator, o orçamento da Previdência começou a ser deturpado no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) (leia mais). 

 

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247