Belluzzo explica como a Lava Jato destruiu a economia

"Eles estão destruindo não só o setor, estão destruindo todos os espaços de coordenação da economia brasileira, que foram sendo construídos ao longo de 50 anos. Mesmo os governos militares não abandonaram isso, continuaram preservando as estruturas de coordenação: a relação entre empresa estatal e privada, Tesouro, bancos etc.", diz o economista Luiz Gonzaga Belluzzo à Rede Brasil Atual

Belluzzo
Belluzzo (Foto: Romulo Faro)

247 - Em seminário do qual participou em dezembro de 2014, nove meses depois de deflagrada a operação Lava Jato, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo alertou: "Estou observando uma tendência na sociedade brasileira de achar que não tem importância destruir a Petrobras e as empreiteiras", lembra o Diário do Centro do Mundo.

A constatação do economista hoje não poderia ser outra. "Eles estão destruindo não só o setor, estão destruindo todos os espaços de coordenação da economia brasileira, que foram sendo construídos ao longo de 50 anos. Mesmo os governos militares não abandonaram isso, continuaram preservando as estruturas de coordenação: a relação entre empresa estatal e privada, Tesouro, bancos etc.", diz Belluzzo à Rede Brasil Atual.

"Essa é a maior forma de organização da economia capitalista, que na sua forma mais avançada são os chineses que estão fazendo. E nós estamos desfazendo", continua o economista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247