Blairo defende a venda de terras para estrangeiros

Com o apoio do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o governo interino de Michel Temer vai enviar mensagem ao Congresso propondo liberar a venda de terra para estrangeiros, como forma de ampliar crédito; “hoje estrangeiro não pode comprar terra. Isso tem uma consequência no crédito, porque os bancos de fora, que emprestam no Brasil, não podem receber as terras como garantia”, diz; ele ainda sugere negociação de Temer com o governo chinês para ampliar exportações 

Com o apoio do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o governo interino de Michel Temer vai enviar mensagem ao Congresso propondo liberar a venda de terra para estrangeiros, como forma de ampliar crédito; “hoje estrangeiro não pode comprar terra. Isso tem uma consequência no crédito, porque os bancos de fora, que emprestam no Brasil, não podem receber as terras como garantia”, diz; ele ainda sugere negociação de Temer com o governo chinês para ampliar exportações 
Com o apoio do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o governo interino de Michel Temer vai enviar mensagem ao Congresso propondo liberar a venda de terra para estrangeiros, como forma de ampliar crédito; “hoje estrangeiro não pode comprar terra. Isso tem uma consequência no crédito, porque os bancos de fora, que emprestam no Brasil, não podem receber as terras como garantia”, diz; ele ainda sugere negociação de Temer com o governo chinês para ampliar exportações  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Com o apoio do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, o governo interino de Michel Temer vai enviar mensagem ao Congresso propondo liberar a venda de terra para estrangeiros, como forma de ampliar crédito.

“Hoje estrangeiro não pode comprar terra. Isso tem uma consequência no crédito, porque os bancos de fora, que emprestam no Brasil, não podem receber as terras como garantia”, disse ele, em entrevista a Andreza Matais, do Estado.

Ele ainda sugere negociação de Temer com o governo chinês para ampliar exportações, para sair da crise. “A gente vende bastante para eles e o segmento do agro responde rapidamente, se ela nos der certa referência”, afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email