Boeing quer pagar US$ 3,8 bi pela Embraer

A Embraer assinou memorando de entendimento com a Boeing para formação de joint venture contemplando os negócios e serviços de aviação comercial da fabricante brasileira; para deter 80% da nova companhia, a Boeing estaria disposta a pagar US$ 3,8 bilhões; a Embraer é líder mundial em aeronaves voltadas para a aviação regional

Boeing quer pagar US$ 3,8 bi pela Embraer
Boeing quer pagar US$ 3,8 bi pela Embraer
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A Embraer assinou memorando de entendimento com a Boeing para formação de joint venture contemplando os negócios e serviços de aviação comercial da fabricante brasileira, informaram as companhias na manhã desta quinta-feira.

Pelos termos do acordo não vinculante, a Boeing deterá 80 por cento da companhia resultante da transação, enquanto a Embraer ficará com os 20 por cento restantes, segundo o comunicado.

A transação avalia a totalidade das operações de aviação comercial da Embraer em 4,75 bilhões de dólares, com a Boeing desembolsando 3,8 bilhões de dólares pelos 80 por cento de participação no negócio, disseram as empresas.

Por Gabriela Mello

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247