Bolsonaro derruba ações de universidades ao anunciar ‘Lava Jato da educação’

As ações da Kroton (KROT3 -6,38%), Estácio (ESTC3 -5,97%) e Ser (SEER3 -6,61%) despencam mais de 6% após o Ministério da Educação informar que Ricardo Vélez Rodrígues, chefe da pasta, assinou acordo com o ministro da Justiça, Sergio Moro, para investigar indícios de corrupção no MEC

Bolsonaro derruba ações de universidades ao anunciar ‘Lava Jato da educação’
Bolsonaro derruba ações de universidades ao anunciar ‘Lava Jato da educação’

Do Infomoney - Após a euforia da véspera com uma forte alta em meio às propostas para a reforma da previdência que agradaram o mercado, a sessão desta sexta-feira (15) é de ressaca para o mercado brasileiro, enquanto o índice deve fechar a semana com ganhos.

A temporada de resultados também ganha força, com destaque para a Usiminas, que cai forte após a divulgação de números que não agradaram o mercado. Ao mesmo tempo, ações de educacionais registram forte queda em meio ao anúncio da "Lava Jato da Educação" pelo governo Bolsonaro. 

As ações da Kroton (KROT3 -6,38%), Estácio (ESTC3 -5,97%) e Ser (SEER3 -6,61%) despencam mais de 6% após o Ministério da Educação informar que Ricardo Vélez Rodrígues, chefe da pasta, assinou acordo com o ministro da Justiça, Sergio Moro, para investigar indícios de corrupção no MEC.

Pelo Twitter, Bolsonaro se pronunciou sobre o assunto: "muito além de investir, devemos garantir que investimentos sejam bem aplicados e gerem resultados. Partindo dessa determinação, o Ministro Professor @ricardovelez apurou vários indícios de corrupção no âmbito do MEC em gestões passadas. Daremos início à Lava Jato da Educação!"

Ele ainda informou que "um acordo formal para dar início aos trabalhos foi feito em reunião entre o Professor Velez e os Ministros Sergio Moro (Justiça), Wagner Rosário (CGU) e André Mendonça (AGU), com a presença do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247