Bolsonaro e Guedes vão reduzir o IR dos ricos

Depois de deixar os pobres mais distantes da aposentadoria, governo pretende tocar a reforma tributária, que irá reduzir a alíquota máxima do Imposto de Renda para pessoas físicas, de 27,5% para 25%, e empresas, de 34% para 25%

(Foto: Isac Nóbrega/PR)

247 - A proposta de Reforma Tributária a ser apresentada pelo Ministério da Economia, de Paulo Guedes, pretende reduzir a alíquota máxima do Imposto de Renda para pessoas físicas, de 27,5% para 25%, e empresas, de 34% para 25%.

O projeto é a medida de maior importância do governo Bolsonaro após a aprovação da reforma da Previdência, que foi aprovada na Câmara dos Deputados nesta semana e seguiu para o Senado, onde será votada no segundo semestre.

Além da redução da alíquota do IR, o governo pretende aumentar a faixa salarial isenta do pagamento do tributo, de acordo com reportagem da Folha de S.Paulo. As mudanças serão apresentadas em agosto, mas antes disso, o governo planeja propor a fusão de cinco tributos (PIS, Cofins, IPI, CSLL e IOF) no imposto único federal.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247