Bolsonaro envia ao Congresso projeto que prevê ICMS unificado no País para combustíveis

De acordo com o governo, a intenção é estabelecer uma "alíquota uniforme e específica". Seria um valor fixo e unificado em todo o País

Governo quer evitar mudança no ICMS em razão de variações no câmbio
Governo quer evitar mudança no ICMS em razão de variações no câmbio (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro encaminhou nesta sexta-feira (12) ao Congresso um projeto de lei complementar que propõe mudanças no cálculo do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre os combustíveis.

De acordo com o governo, a intenção é estabelecer uma "alíquota uniforme e específica". Seria um valor fixo e unificado em todo o país.

O Planalto afirmou que o objetivo é fazer o ICMS não variar mais em razão de mudanças no preço do combustível ou de variações do câmbio.

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), que reúne as secretarias de Fazenda dos estados, analisará a proposta.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email