Bolsonaro pressiona contra programa de demissões e fechamento de unidades no Banco do Brasil

De acordo com analistas, se o governo paralisar o projeto, haverá uma reação negativa do mercado financeiro

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro pressionou o Banco do Brasil a revisar o plano de sucateamento da estatal, que prevê a demissão de milhares de operários e o fechamento de centenas de agências.

Segundo interlocutores, Bolsonaro busca a demissão do presidente do banco, André Brandão. De acordo com analistas, se o governo paralisar o projeto, haverá uma reação negativa do mercado financeiro.

Segundo a Folha de S.Paulo, são os ministros Paulo Guedes (Economia), Roberto Campos Neto (Banco Central) e Tereza Cristina (Agricultura) que estão tentando impedir a demissão de Brandão, ex-funcionário de bancos privados que busca privatizar o banco estatal.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email