Bolsonaro reage a notícia de que teria enquadrado Guedes sobre taxa do leite: canalhice

Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro rebateu notícia publicada na coluna Radar, da Veja, de que teria determinado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, voltar com a taxa antidumping do leite em pó; "Mais uma canalhice do @radaronline", postou; episódio acontece em meio a forte pressão feita pelo agronegócio, um dos principiais apoiadores da eleição de Bolsonaro, que alegou prejuízos com a não renovação da tarifa antidumping

Bolsonaro reage a notícia de que teria enquadrado Guedes sobre taxa do leite: canalhice
Bolsonaro reage a notícia de que teria enquadrado Guedes sobre taxa do leite: canalhice

247 - O presidente Jair Bolsonaro rebateu, pelo Twitter, notícia publicada na coluna Radar, da Veja, de que teria determinado ao ministro da Economia, Paulo Guedes, voltar com a taxa antidumping do leite em pó. "Mais uma canalhice do @radaronline", postou. O episódio acontece em meio a forte pressão feita pelo agronegócio, um dos principiais apoiadores da eleição de Bolsonaro, que alegou prejuízos com a não renovação da tarifa antidumping.

A taxa de 14% sobre o leite em pó importado vinha sendo aplicada desde 2001. Quando acrescido o imposto de importação, atualmente em 28%, o percentual pago pelos importadores chegava a 42%, no caso da União Europeia e da Nova Zelândia.

A derrubada da tarifa, contudo, fez com que o setor do agronegócio, que foi um dos setores que mais apoiaram a eleição de Bolsonaro, pressionassem o governo a retomar o imposto para evitar prejuízos aos produtores. Após uma reunião com o setor, realizada na semana passada, Bolsonaro telefonou a Guedes e determinou que a tarifa fosse retomada.

Segundo a coluna Radar, o Mistério da Economia está avaliando como reintroduzir a tarifa sem que isso caracterize uma medida protecionista, já que isso poderá levar a questionamentos e retaliações. Caso a retomada da tarifa de importação se mostre inviável, o governo deverá elevar a alíquota de importação sobre o leite em pó como uma forma de barrar a entrada do leite em pó de outros países no mercado nacional.

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247