Bolsonaro volta atrás e decide que presidente do BB fica no cargo

Segundo o colunista Lauro Jardim, Paulo Guedes teria convencido Bolsonaro a manter André Brandão na presidência do Banco do Brasil, depois de 24 horas de crise

Jair Bolsonaro e André Brandão
Jair Bolsonaro e André Brandão (Foto: Alan Santos/Presidência da República)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após longa crise com o ministro Paulo Guedes, Jair Bolsonaro decidiu manter o presidente do Banco do Brasil, André Brandão, no cargo, segundo o colunista Lauro Jardim, do Globo.

Informações de bastidores davam conta de que a decisão de Bolsonaro pela demissão já estava tomada e Guedes tenta revertê-la.

O presidente ficou inconformado com o anúncio no início da semana de um PDV para demitir 5 mil funcionários em 2021, além do plano de fechar 361 agências neste ano pelo banco, lembrou o colunista.

No entanto, segundo o Correio Braziliense, integrantes do Palácio do Planalto tiveram acesso prévio ao projeto de demissões.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email