BTG: maioria dos empresários acredita que emprego não vai crescer em 2019

Governo Jair Bolsonaro ainda não conquistou a confiança dos empresários; um levantamento encomendado pelo banco BTG Pactual com empresários brasileiros apontou que 55% acredita na estagnação ou na retração no número de vagas de empregos; para 43%, o nível de postos de trabalho se manterá igual, 9% acreditam que diminuirá um pouco e 3% que vai cair muito

BTG: maioria dos empresários acredita que emprego não vai crescer em 2019
BTG: maioria dos empresários acredita que emprego não vai crescer em 2019 (Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)

247 - Um levantamento encomendado pelo banco BTG Pactual com empresários brasileiros, divulgado nesta segunda-feira (6), apontou que 55% acredita na estagnação ou na retração no número de vagas de empregos. Para 43%, o nível de postos de trabalho se manterá igual, 9% acreditam que diminuirá um pouco e 3% que vai cair muito. 

De acordo com a pesquisa, 31% creem que as ofertas de trabalho aumentarão um pouco e 13% que crescerão muito.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o desemprego aumentou mais um vez no último trimestre, atingindo 12,7%. São 13,4 milhões de desempregados.

A pesquisa sugere que para a maioria dos empresários a reforma não atingirá o impacto fiscal esperado (1 trilhão): 35% dizem que o impacto será um pouco menor, 26% igual, 17% muito menor.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247