Busca por crédito empresarial cresce 0,4% em novembro

Demanda de empresas por financiamento no Brasil subiu 0,4%o em novembro sobre outubro; na comparação com o mesmo período do ano passado elevação foi 0,3%; segundo a empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian, demanda das companhias no acumulado anual tem queda de 1,7% sobre o período de janeiro a novembro de 2014

Demanda de empresas por financiamento no Brasil subiu 0,4%o em novembro sobre outubro; na comparação com o mesmo período do ano passado elevação foi 0,3%; segundo a empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian, demanda das companhias no acumulado anual tem queda de 1,7% sobre o período de janeiro a novembro de 2014
Demanda de empresas por financiamento no Brasil subiu 0,4%o em novembro sobre outubro; na comparação com o mesmo período do ano passado elevação foi 0,3%; segundo a empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian, demanda das companhias no acumulado anual tem queda de 1,7% sobre o período de janeiro a novembro de 2014 (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - A demanda de empresas por financiamento no Brasil subiu 0,4 por cento em novembro sobre outubro e avançou 0,3 por cento na comparação com o mesmo período do ano passado, segundo dados divulgados nesta segunda-feira pela empresa de análise de informações de crédito Serasa Experian.

Segundo a companhia, o crescimento na demanda em novembro sobre outubro decorre da sazonalidade do período, "momento em que as empresas se preparam para as vendas de final de ano, elevando suas demandas por crédito".

No acumulado do ano, porém, a demanda das companhias por crédito no Brasil tem queda de 1,7 por cento sobre o período de janeiro a novembro de 2014.

As micro, pequenas e médias empresas tiveram alta de 1,6 por cento na demanda por crédito em novembro sobre um ano antes, mas as médias e grandes companhias tiveram baixas de 20,9 e 16,7 por cento, respectivamente, na mesma comparação.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email