Câmbio vai oscilar mesmo, BC se preocupa é com eventual disfuncionalidade, afirma diretor do Banco Central

“O câmbio vai oscilar mesmo, e a gente tem que tomar isso aí como um dado e pensar os efeitos práticos disso daí para a inflação”, afirmou o diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk

Fabio Kanczuk
Fabio Kanczuk (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

BRASÍLIA (Reuters) - O diretor de Política Econômica do Banco Central, Fabio Kanczuk, avaliou nesta terça-feira (9) que o câmbio irá oscilar e frisou que a preocupação da autoridade monetária é com eventual disfuncionalidade, e não com os preços.

“Todo mundo observou essa apreciação nas últimas duas, três semanas bastante grande”, afirmou ele em live promovida pelo Credit Suisse.

“Eu não tenho uma opinião sincera sobre nível, a gente não vai fazer política, não vai se preocupar com nível de câmbio, a gente só vai atuar na disfuncionalidade. Então o câmbio vai oscilar mesmo, e a gente tem que tomar isso aí como um dado e pensar os efeitos práticos disso daí para a inflação”, afirmou.

Kanczuk ponderou que ao mesmo tempo que o dólar caiu frente ao real houve movimento “importante” de commodities. Nesse sentido, ele reforçou que o BC olha para o balanço entre câmbio e preços de commodities e como isso afeta as suas projeções de inflação.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email