Caminhoneiros devem realizar paralisação nacional em fevereiro

Entidades ligadas aos caminhoneiros decidiram que a categoria irá paralisar as atividades em todo o país no dia 1 de fevereiro. Transportadores autômonos reclamam da alta dos preços dos combutíveis e reivindicam um piso mínimo para o frete, entre outros pontos

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Entidades representativas dos caminhoneiros decidiram que a categoria deverá realizar uma paralisação nacional em protesto contra a alta nos preços dos combustíveis. O movimento está previsto para o dia 1 de fevereiro. 

De acordo com reportagem do jornal A Tarde, a decisão foi tomada nesta terça-feira (5), durante uma Assembleia Geral Extraordinária do Conselho Nacional de Transporte Rodoviário de Cargas (CNTRC). 

Além de protestar contra a alta nos preços dos combustíveis, a  categoria também reivindica um piso mínimo para o frete do transportador autônomo, criação de um marco regulatório para o setor, aposentadoria especial e uma maior fiscalização por parte da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

"Nas rodovias, só vai passar ônibus e carro pequeno. Caminhão não passa", disse um representante d o Sindicato dos Transportadores Autônomos de Bens de Feira de Santana e Região (Sintracam). 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247