Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos

O caos gerencial de Temer segue sua sequência de estragos e de aberrações técnicas: o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas públicas do país (entre 2017 e 2019), o que equivale a quase duas vezes o que foi gasto em investimentos em 2017 (cerca de R$ 46 bilhões)

Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos
Caos gerencial de Temer: socorro financeiro é o dobro dos investimentos (Foto: Isac Nóbrega/PR)

247 - O caos gerencial de Temer segue sua sequência de estragos e de aberrações técnicas: o socorro financeiro do governo federal ao pagamento de dívidas de estados e municípios com a União vai gerar um impacto de R$ 90,3 bilhões nas contas públicas do país (entre 2017 e 2019), o que equivale a quase duas vezes o que foi gasto em investimentos em 2017 (cerca de R$ 46 bilhões). 

"As informações da Secretaria do Tesouro Nacional constam de relatório de auditoria da dívida pública do Brasil realizada pelo TCU (Tribunal de Contas da União). Segundo os técnicos responsáveis pela apuração, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Alagoas e a cidade de São Paulo respondem por cerca de 90% desse rombo. Procurado para falar sobre o impacto dessas repactuações nas contas públicas, o Ministério da Fazenda não quis comentar. O TCU também não se pronunciou.

A auditoria realizada entre 2017 e este ano atende a um pedido do Senado para esmiuçar o crescimento do endividamento do país. O período analisado teve início em 2000. O alerta é dado em relação ao refinanciamento das dívidas de estados e municípios com a União. O relatório foi submetido ao plenário do TCU no dia 16 de maio deste ano, sob relatoria do ministro Aroldo Cedraz, com a presença de outros seis ministros. No acórdão, integrantes da corte fazem uma série de recomendações ao governo federal para aumentar a transparência sobre a dívida pública brasileira.

Leia mais aqui

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247