Cesp não espera racionamento de energia em 2015

Diretor-financeiro da geradora de energia, Almir Martins, disse ainda que a empresa estima que o preço de energia de curto prazo dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) irá ficar em 250 reais por megawatt-hora (MWh), em média, no ano

Diretor-financeiro da geradora de energia, Almir Martins, disse ainda que a empresa estima que o preço de energia de curto prazo dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) irá ficar em 250 reais por megawatt-hora (MWh), em média, no ano
Diretor-financeiro da geradora de energia, Almir Martins, disse ainda que a empresa estima que o preço de energia de curto prazo dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) irá ficar em 250 reais por megawatt-hora (MWh), em média, no ano (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SÃO PAULO (Reuters) - O diretor-financeiro da geradora de energia Cesp, Almir Martins, disse nesta quinta-feira que a empresa não espera que haja racionamento de energia em 2015 e estima que o preço de energia de curto prazo dado pelo Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) irá ficar em 250 reais por megawatt-hora (MWh), em média, no ano.

"O nosso cenário com essa mudança de preço (do PLD) é que nós devemos ter um preço no começo do ano mais alto, perto do teto. Esse preço vai decrescendo ao longo de 2015", explicou Martins durante encontro com investidores.

(Por Anna Flávia Rochas; Edição de Marcela Ayres)

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247