Colunista questiona sucesso do México

Jornalista Fernando Dantas diz que país parece ter dados passos importantes, mas se não conseguir retornar rapidamente para um ritmo de crescimento mais vigoroso, a sustentabilidade do ímpeto reformista do presidente Enrique Peña Nieto pode ficar ameaçada

30108135. México, D.F.- El presidente Enrique Peña Nieto, encabezó la clausura de los trabajos de la XXIV Reunión de Embajadores y Cónsules, este día en Palacio Nacional.
NOTIMEX/FOTO/JOSÉ PAZOS/JPF/POL/
30108135. México, D.F.- El presidente Enrique Peña Nieto, encabezó la clausura de los trabajos de la XXIV Reunión de Embajadores y Cónsules, este día en Palacio Nacional. NOTIMEX/FOTO/JOSÉ PAZOS/JPF/POL/ (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Apontado como novo modelo a ser seguido por países da América Latina, o México tem seu sucesso questionado pelo jornalista Fernando Dantas.

Em fevereiro, a agência Moody’s elevou o rating soberano do México de Baa1 para A3, dois degraus acima do brasileiro (Baa2). Já a Standard&Poor’s não só elevou o rating do México para BBB+ (um degrau acima do Brasil, BBB) em dezembro, como colocou o brasileiro em perspectiva negativa em junho. No entanto, o país de Enrique Peña Nieto cresceu 1,1% em 2013, menos da metade dos 2,3% do Brasil.

O colunista cita relatório do analista Benito Berber da Nomura, intitulado “México: Crescimento, por favor volte”, que aponta que “a economia mexicana simplesmente não está ganhando fôlego”.

Segundo ele, se não conseguir retornar rapidamente para um ritmo de crescimento mais vigoroso, a sustentabilidade do atual ciclo de reformas pode ficar ameaçada (leia mais aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email