Com alta demanda, gás de cozinha já custa até R$ 115

Produto está em falta ou registrou disparada nos preços em algumas parte dos país. Ministério de Minas e Energia diz que medidas estão sendo adotadas para normalizar abastecimento

(Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O consumo de gás de cozinha aumentou 23% no país devido ao isolamento social exigido para o enfrentamento da epidemia do novo coronavírus, informou nesta quarta-feira (8) o Ministério de Minas e Energia. A informação é do portal G1. 

Diversas regiões do país têm registrado falta do produto nos últimos dias. Em outras, onde é possível encontrar os botijões, há relatos de disparada no preço.

"O consumo de gás de cozinha (GLP) aumentou em 23% em todo o país. Esse aumento ocorreu devido ao necessário isolamento social por conta do coronavírus, com as famílias ficando mais em casa e adotando novos hábitos. O novo comportamento também ensejou a antecipação da compra de um segundo botijão, que resultou em uma escassez pontual de GLP", diz o ministério em nota.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email