Com Bolsonaro, preço do etanol sobe 11,5% em 2019 e tem maior alta desde 2015

Segundo dados da ANP, o etanol foi o combustível com a maior alta do ano. Em segundo está o diesel, com aumento de 8,7%

Unica prevê alta da produção de etanol no centro-sul
Unica prevê alta da produção de etanol no centro-sul
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Dados divulgados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) mostram que o preço médio do etanol nos postos subiu 11,5% em 2019, a maior alta desde 2015. Na última semana do ano, o litro do combustível custava, em média, R$ 3,151.

O etanol foi o combustível com a maior alta do ano. Em segundo está o diesel, com aumento de 8,7%. Um dos motivos para o índice foram os reajustes promovidos pela Petrobras no preço de refinaria: o preço médio dos produtores subiu 16,3%.

Já o preço da gasolina subiu 4,8% entre a última semana de 2018 e a última de 2019, quando custou, em média R$ 4,555 por litro. Aumento veio cerca de um mês depois da Petrobras impor reajustes nos preços dos combustíveis de acordo com a subida do dólar e com o mercado internacional.

Leia a íntegra na Revista Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247