Com desemprego recorde, Temer quer baratear demissões

Michel Temer acaba de encaminhar ao Congresso um projeto de lei que elimina gradualmente a multa adicional paga pelos empregadores em demissões sem justa causa; com todas as letras, o governo admite que o objetivo é ajudar a diminuir os custos indiretos dos empresários

Michel Temer acaba de encaminhar ao Congresso um projeto de lei que elimina gradualmente a multa adicional paga pelos empregadores em demissões sem justa causa; com todas as letras, o governo admite que o objetivo é ajudar a diminuir os custos indiretos dos empresários
Michel Temer acaba de encaminhar ao Congresso um projeto de lei que elimina gradualmente a multa adicional paga pelos empregadores em demissões sem justa causa; com todas as letras, o governo admite que o objetivo é ajudar a diminuir os custos indiretos dos empresários (Foto: Gisele Federicce)

247 – Com desemprego recorde no País, Michel Temer encaminhou ao Congresso Nacional um projeto de lei que barateia as demissões para os empregadores.

A proposta, conforme já havia sido anunciado pelo governo em dezembro, elimina gradualmente a multa adicional de 10% paga pelos empregadores em demissões sem justa causa. A previsão é de revia corte de um ponto porcentual por ano, durante dez anos.

O objetivo é diminuir os impactos no FGTS. A medida ajuda a diminuir os custos indiretos dos empresários, afirma o governo, o que terá efeito positivo sobre o caixa das empresas.

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247