Com economia estagnada, consultas no BNDES sobre financiamentos caem 49%

Consultas de interessados em novos financiamentos do BNDES despencaram 49% no primeiro semestre sobre um ano antes, para R$ 24,7 bilhões , em meio a estagnaçõa da economia no governo Jair Bolsonaro; aprovações de empréstimos na primeira metade do ano dtambém desabaram 39% sobre o primeiro semestre de 2018, para R$ 18,7 bilhões

Reuters - As consultas de interessados em novos financiamentos do BNDES despencaram 49 por cento no primeiro semestre sobre um ano antes, para 24,7 bilhões de reais, em meio a ritmo estagnado da economia, informou a instituição de fomentou nesta quinta-feira.

As aprovações de empréstimos do banco na primeira metade do ano desabaram 39 por cento sobre o primeiro semestre de 2018, para 18,7 bilhões de reais.

Os desembolsos do banco para financiamentos aprovados também caíram: 9 por cento na comparação anual, para 25 bilhões de reais, informou o BNDES.

Segundo o banco, a maior parte dos desembolsos, 45,5 por cento, foi dedicada a projetos de infraestrutura, puxados por transportes e empreendimentos de energia elétrica, que ficaram com 24,3 e 19,1 por cento do volume liberado, respectivamente.

Por Alberto Alerigi Jr.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247