Comissão denuncia desmonte nos bancos públicos

A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado, presidida pela senadora Regina Sousa (PT-PI), realizou audiência para discutir o desmonte dos bancos públicos pelo governo Temer; de acordo com a parlamentar, o “fechamento de agências e de postos de trabalho têm levado pessoas a percorrerem mais de 150 quilômetros para receber benefícios e usar um banco. Isso é inaceitável”

Comissão denuncia desmonte nos bancos públicos
Comissão denuncia desmonte nos bancos públicos (Foto: Waldemir Barreto - Ag. Senado)

247 - A Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal, presidida pela senadora Regina Sousa (PT-PI), realizou no último dia 8 uma audiência para discutir o desmonte dos bancos públicos pelo governo Michel Temer. 

De acordo com a parlamentar, o “fechamento de agências e de postos de trabalho têm levado pessoas a percorrerem mais de 150 quilômetros para receber benefícios e usar um banco. Isso é inaceitável”. 

De acordo com o presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (FENAE), Jair Pedro Ferreira, “as pessoas precisam saber que o desmonte dessas instituições significa retirar a grande ferramenta de financiamento habitacional e de saneamento e de políticas sociais fundamentais para movimentar a economia do país, o FGTS. Cerca de 56% da carteira de crédito habitacional vêm de recursos deste fundo”.

Kleytton Guimarães, diretor do Sindicato dos Bancários de Brasília, afirmou que “estamos vendo o retorno de uma agenda neoliberal, em que a fragilização das instituições públicas e os ataques às imagens dessas empresas são formas de suprimir sua importância”.

 

Conheça a TV 247

Mais de Economia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247