Comitê do Congresso dos EUA se opõe a ampliação de acordos comerciais com o Brasil

Segundo o Comitê de Assuntos Tributários ("Ways and Means") da Câmara dos Deputados dos EUA, o governo Jair Bolsonaro tem "uma total desconsideração pelos direitos humanos básicos”, além de promover ações contra o meio ambiente

(Foto: Alan Snatos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Comitê de Assuntos Tributários ("Ways and Means") da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos se posicionou de forma contrária a proposta do governo do presidente Donald Trump de ampliar as relações comerciais com o Brasil. Segundo o comitê, o governo Jair Bolsonaro vem promovendo "uma total desconsideração pelos direitos humanos básicos”, além de promover ações contra o meio ambiente. 

"Nós nos opomos fortemente a buscar qualquer tipo de acordo comercial com o governo Bolsonaro no Brasil. O aprimoramento do relacionamento econômico entre os EUA e o Brasil, neste momento, iria minar os esforços dos defensores dos direitos humanos, trabalhistas e ambientais brasileiros para promover o estado de direito e proteger e preservar comunidades marginalizadas”, diz o presidente do comitê, Richard Neal, em uma enviada ao representante comercial norte-americana EUA, Robert Lighthizer. 

Segundo reportagem do jornal O Globo, o Brasil também vem enfrentando problemas semelhantes na esfera internacional junto a outros países. Nessa quarta-feira (3), o parlamento holandês aprovou uma moção onde se posiciona contra ratificação do acordo comercial entre a União Europeia e o Mercosul, firmado em 2019. O risco do aumento do desmatamento na Amazônia foi o principal argumento  utilizado pelos parlamentares para rejeitarem o acordo. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email