“Comportamento dos empresários brasileiros tem sido irracional nos últimos anos”, diz José Luis Oreiro

“Os empresários industriais brasileiros não passam de senhores de escravos travestidos de empresários”, disse à TV 247 o economista e professor, que afirmou não entender o motivo pelo qual o empresariado ainda dá apoio a Bolsonaro e Guedes: “maluquice”. Assista

José Luis Oreiro
José Luis Oreiro (Foto: Reprodução | Abr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O economista e professor José Luis Oreiro, em entrevista à TV 247, afirmou que o empresariado brasileiro tem tido um comportamento irracional nos últimos anos ao manifestar apoio a Jair Bolsonaro e ao atual ministro da Economia, Paulo Guedes, e atacar o PT.Para Oreiro, dizer que o ex-presidente Lula é radical “é uma coisa absolutamente absurda” e garantiu que o petista conversará com os empresários caso volte ao poder, dado sua capacidade de conciliação. Ainda sim, destacou ele, haverá personalidades que não se dobrarão. “Tem uns, como o dono da Havan, que certamente nunca vai dar apoio ao Lula, não sei por quê. As lojas Havan cresceram muito durante a administração do PT. Esse fulano que é o dono da Havan teve um crescimento fantástico nas suas lojas durante os dois mandatos do presidente Lula, e com o Bolsonaro ele está perdendo dinheiro e continua o apoiando. Tem um pouco de irracionalidade. Eu, como economista, não consigo entender. Para mim é uma maluquice”.

“O comportamento do empresariado brasileiro desde 2018 é irracional”, falou.

Na visão do economista, há uma mentalidade escravocrata do empresariado brasileiro em relação a uma sociedade menos desigual que pode surgir com a volta da esquerda ao Palácio do Planalto. “Os empresários industriais brasileiros não passam de senhores de escravos travestidos de empresários. Gente, se eu sou empresário eu quero ganhar dinheiro. Para mim pouco interessa quem é o governo, se é Lula, se é Geraldo Alckmin. O que eu quero é ganhar dinheiro. Se prevalecesse essa lógica, o Bolsonaro e o Guedes já tinham que ter saído há muito tempo. Mas prevalece alguma outra lógica que eu como economista não tenho competência para dizer qual é”.

Inscreva-se na TV 247, seja membro e compartilhe:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email