Confiança da indústria recua 39,5 pontos em meio ao avanço da pandemia, diz pesquisa da FGV

Resultado preliminar de abril indica, ainda, a diminuição de 17,8 pontos percentuais do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria, indo para 57,5%, o menor valor da série histórica

(Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Vitor Abdala, Agência Brasil - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) recuou 39,5 pontos na prévia de abril, na comparação com o resultado consolidado de março. Assim, o indicador chegou a 58 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

Se o resultado se confirmar no consolidado de abril, essa será a maior queda mensal e o menor patamar da série histórica do ICI.

A queda da confiança é resultado da piora da percepção dos empresários em relação à situação atual e ao futuro. O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, caiu 47,3 pontos e passou para 48,9 pontos. Já o Índice da Situação Atual teve recuo de 31 pontos, passando para 67,8 pontos.

O resultado preliminar de abril indica diminuição de 17,8 pontos percentuais do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria, indo para 57,5%, o menor valor da série histórica.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247