Confiança da indústria sobe em abril

Índice de Confiança da Indústria (ICI) do Brasil subiu em abril pelo segundo mês seguido graças a forte melhora das expectativas e chegou ao maior nível em um ano, segundo pesquisa realizada pela  Fundação Getúlio Vargas (FGV); ICI apresentou ganho de 2,4 pontos e foi a 77,5 pontos em abril, após alta de 0,4 ponto no mês anterior; é o maior patamar alcançado pelo ICI desde abril de 2015

Linha de montagem do Complexo Industrial Automotivo de Gravataí, RS
Linha de montagem do Complexo Industrial Automotivo de Gravataí, RS (Foto: Paulo Emílio)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Reuters - O Índice de Confiança da Indústria (ICI) do Brasil subiu em abril pelo segundo mês seguido graças a forte melhora das expectativas e chegou ao maior nível em um ano, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

O ICI apresentou ganho de 2,4 pontos e foi a 77,5 pontos neste mês, após alta de 0,4 ponto no mês anterior. Trata-se do maior patamar desde abril de 2015.

O resultado decorreu principalmente do avanço de 3,6 pontos do Índice de Expectativas (IE), para 75,6 pontos. O Índice da Situação Atual (ISA) também avançou, em 1,2 ponto, para 79,8 pontos.

"Embora ainda insuficiente para se identificar um efetivo ponto de virada da confiança industrial, os números de abril trazem aspectos novos e favoráveis às perspectivas do setor. Ainda há muita ociosidade, incerteza e pessimismo, mas o setor parece enfim avistar uma luz no fim do túnel", destacou o superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr, em nota.

Ainda segundo a FGV, o Nível de Utilização da Capacidade Instalada avançou 0,6 ponto percentual e atingiu 74,3 por cento em abril na comparação com março.

(Por Camila Moreira)

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247