Confiança do empresário do setor de comércio despenca 1,7% em junho

Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), recuou 1,7% na passagem de maio para junho; queda foi puxada pela piora das avaliações sobre as condições atuais, que recuaram 5,1%

(Foto: REUTERS/Paulo Whitaker)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Vitor Abdala, repórter da Agência Brasil  - O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), medido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), recuou 1,7% na passagem de maio para junho e chegou a 118,3 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos. Na comparação com junho do ano passado, o indicador avançou 8,5%.

Na passagem de maio para junho, a queda foi puxada principalmente pela piora das avaliações sobre as condições atuais, que recuaram 5,1%. A avaliação sobre o momento atual da economia caiu 8,5%.

Tanto as expectativas do empresariado em relação ao futuro quanto as intenções de investimento recuaram de forma mais moderada, em 0,5%.

Na comparação com junho do ano passado, as avaliações sobre as condições atuais cresceram 12,8%. As expectativas subiram 7,2% e as intenções de investimento, 6,9%.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email